quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

MANHÃS DE DOMINGO



“A Escola Dominical nasceu na Inglaterra, em 1780. Em Gloucester, uma cidade não muito distante de Londres, residia o jornalista Robert Raikes, 44 anos, proprietário do Gloucester Journal, fundado por seu pai. Nessa época a situação moral e espiritual do país era preocupante. Raikes observou que entre as causas dos crimes e bebedices desenfreada estava a ignorância. As crianças trabalhavam durante a semana e, aos domingos, ficavam nas ruas. Para esses meninos, Raikes teve a idéia de organizar uma escola que funcionaria aos domingos, e não cuidaria apenas da educação secular, mas daria também a educação religiosa e teria a Bíblia como livro-texto. Assim, em 20 de julho de 1780, nasceu a  escola dominical.  A idéia se espalhou por todo o país. João Wesley deu total apoio ao movimento. Em 1875 organizou-se em Londres a Sociedade para Promoção das Escolas Dominicais nos Domingos Britânicos. No ano seguinte havia 200 mil crianças matriculadas. No Brasil, a primeira Escola Dominical nasceu em Petrópolis, RJ, no dia 19 de agosto de 1855, na casa do médico e missionário escocês Robert Kalley. Nesse primeiro dia havia cinco crianças presentes, e a esposa, Sarah Kalley, contou-lhes a história de Jonas”. (http://www.iprb.org.br/historia/EDB_historia.htm)

 Quero louvar a Deus pela vida de Robert Raikes, João Wesley, Robert Kalley e sua esposa, Sarah Kalley. Foram eles os precursores desse formidável trabalho realizado em pleno século XXI, em todos os países evangelizados.
A Escola Bíblica Dominical é simplesmente fantástica; é uma escola organizada. Quando ela começou, com Robert Raikes, o foco eram as crianças. Hoje se trabalha todas as faixas etárias com um ensino sistemático, por assuntos doutrinários, livros ou cartas, personagens, focando sempre a pessoa principal do evangelho, Jesus Cristo.
Foi inventado sabiamente um slogan: “A EBD é a melhor escola do mundo!” Concordo plenamente com ele, só pelo fato de que ela ensina a Bíblia, a Palavra de Deus. Estão contidos nas Escrituras os conselhos mais sábios que possam existir e em todas as direções pessoais e coletivas, para com o próximo, como expressão do relacionamento que se tem com Deus.
Atualmente, nas comunidades cristãs que priorizam um estudo de qualidade da Bíblia, é inconcebível não ter a EBDominical. As manhãs de domingo só tem sentido com a Escola Bíblica, momento de estudo, confraternização, espiritualidade cristocêntrica e muito crescimento.
Diante do apresentado, é necessário falar do foco evangelístico. A Igreja contemporânea não pode ficar só com o fortalecimento dos seus membros. A ordem de Cristo "Ide" (Mc 16.15a), nos constrange a dar prioridade a visão implantada por Raikes, inspirada em Jesus. Visar o pecador é uma tarefa intransferível da EBD!
Façamos das manhãs de domingo um tempo de qualidade.

Por

Pr. Gilmar Tavares Reis

2 comentários:

  1. Maria Helena dos Santos Villa Nova10 de janeiro de 2011 17:17

    Com certeza, é única escola que utiliza a Palavra de Deus para formar o caráter dos pequeninos, alimentar novos convertidos e fortalecer os cristãos já experientes, com ensino de qualidade.

    Parabéns pelo blog.

    Irmã Maria Helena dos Santos Villa Nova
    Pedagoga
    Superintendente da EBD da Assembléia de Deus - Séde - em Pindamonhangaba . SP

    ResponderExcluir
  2. Paz Maria Helena! Obrigado pelo comentário e que Deus continue te abençoando nessa missão tão nobre, a do ensino. Até a próxima!

    ResponderExcluir