domingo, 5 de maio de 2013

NO PAPEL É UMA COISA...





     A Constituição Federativa do Brasil reza no Art. 73 os pre-requisitos para Ministros compor a liderança do TCU, com as seguintes palavras:
     O Tribunal de Contas da União, integrado por nove Ministros, tem sede no Distrito Federal, quadro próprio de pessoal e jurisdição em todo o território nacional, exercendo, no que couber, as atribuições previstas no art. 96. 

§ 1° Os Ministros do Tribunal de Contas da União serão nomeados dentre brasileiros que satisfaçam os seguintes requisitos: 

I. mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade; 

II. idoneidade moral e reputação ilibada; 
III. notórios conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública; 
IV. mais de dez anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional que exija os conhecimentos mencionados no inciso anterior.
    Na perspectiva eclesiástica-evangélica, os critérios também são nessa dimensão, "rígidos". Alguns que exercem alguma função apresentam um "notório" saber a custas de comprimidos teológicos: "Engula essa pírola uma vez por mês, semestre ou anualmente e a sabedoria virá". Essa receita é aceita por quase todos. 
     Vamos juntos neste caminho porque Bar-Jesus merece o melhor, com sua idoneidade moral e reputação ilibada.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

TRADICIONALISMO RELIGIOSO




     TRADICIONALISMO RELIGIOSO: benção ou maldição? Em pleno século XXI é benção pela luta na pregação do evangelho puro e simples (pelo menos no discurso), contudo, maldição por querer tratar questões contemporâneas a partir de "cabeças" que insistem em não vê a transformação social. 
     Ex: Antes não se falava sobre sexualidade. Hoje as cartilhas do MEC ensinam tudo, tudo mesmo, e de maneira erra, a sexualidade para crianças de 4, 5, 6 anos de idade. O tradicionalismo, no entanto, censura a fala de maneira correta para maiores de 12 anos. 
     É um tradicionalismo cego! Oxalá que não seja muito tarde o abrir dos olhos do tradicionalismo. Provera Deus não depender só do tradicionalismo para o crescimento do seu Reino...