terça-feira, 28 de outubro de 2014

PREFÁCIO DO MEU OITAVO LIVRO BY Pr. ABINAIR VARGAS VIEIRA


PREFÁCIO
BY

Pr. Abinair Vargas Vieira
Vice-Presidente do Ministério Fama - Goiãnia GO
Presidente da Junta Conciliadora do Estado de Goiás / CONAMAD GO


            A palavra de Deus, em Hebreus 13.4, nos ensina que é honrado o matrimônio e o leito sem mácula. A importância deste livro - Sexo - Cama Santa - fica, então, evidente, visto que esse é o ensinamento de Deus para nós, servos Dele. Por isso é um prazer para mim ter a oportunidade de prefaciá-lo.
            Atualmente muito se ouve falar sobre sexo e há, sem dúvida, uma liberalização acerca da sua prática. Cada vez mais cedo os jovens têm suas experiências, infelizmente e muitas vezes, fora do casamento. Os autores, Gilmar Tavares Reis e Guaracy Vannia Tavares, falam do assunto de forma aberta e clara, sem criar eufemismos para amenizar a situação dos crentes em relação às práticas sexuais. Falam com propriedade, pois, além da experiência pastoral, buscaram conhecer pesquisas na área.
            O livro foi dividido em cinco capítulos: Escolher esperar; Para pensar em sexo; Sexo e lascívia; Lixo chamado pornografia e Sexo, cama santa. No primeiro, os autores abordam a importância da espera para realização do sexo, asseverando que este momento se dá após o casamento, pois, caso contrario, as consequências - físicas e espirituais - serão desastrosas para aqueles que não esperam.
            No segundo capítulo, apontam como o sexo pode ser prazeroso ou destrutivo, dependendo da forma em que é praticado. É destrutivo quando, mesmo no casamento, é resultado de uma mente distante do que ensina a Palavra de Deus; mas, prazeroso quando realizado, no casamento, com compromisso, responsabilidade e estrutura emocional. Praticado dessa forma, segundo os autores, o sexo harmoniza as tensões no lar e dá satisfação ao casal.
            O terceiro e o quarto capítulos possuem uma relação bem estreita, visto que o quarto evidencia onde a lascívia encontra alimento para sua satisfação: na pornografia. Os autores destacam que a pornografia tem devastado a vida de muitos cristãos, inclusive, pastores. Muitos têm se tornado cativos das imagens veiculadas pela internet; muitos precisam buscar ajuda em conselheiros equilibrados, que saibam conduzir a situação e auxiliar na libertação desse vício.
            Finalmente, o último capítulo, que aponta para o título do livro, expõe a liberdade e a satisfação que o casal pode encontrar numa relação íntima que glorifica o criador de todas as coisas. Este capítulo ressalta que o sexo, para além da sua função de procriação, promove a intensificação do amor entre o casal e torna-o mais feliz e mais estável emocionalmente.
            Livros como esse são muito importantes para a reflexão e a formação do povo cristão. Em tempos de crise nas famílias esse assunto deve ser abordado nas igrejas para que os conflitos conjugais sejam amenizados e os jovens sejam mais bem orientados para fazerem a escolha dos seus cônjuges, bem como para aguardar o momento tão esperado da realização do sexo: após a concretização do casamento. Muitos jovens não esperam por esse momento porque não foram orientados acerca das consequências desastrosas que terão que enfrentar. Sendo bem orientados, escolherão esperar e, consequentemente, famílias mais estruturadas serão edificadas para honra e glória de Deus.
            Meus agradecimentos por essa oportunidade; desejo a todos uma boa leitura e ótimas reflexões.




segunda-feira, 27 de outubro de 2014

APRESENTAÇÃO DO MEU OITAVO LIVRO


APRESENTAÇÃO

Pr. Bertiê Adais Magalhães
Presidente da Assembleia de Deus Madureira em Anápolis GO

1º Secretário da Convenção Estadual das Assembleias de Deus.
           
            Com imenso prazer apresento ao leitor mais um livro do escritor Gilmar Tavares, pastor que tem o amor e respeito de todo o Ministério Madureira em Anápolis.
            Este já é seu oitavo livro, e que aborda o tema: Sexo, cama Santa. O tema, por si só, já chamaria o leitor para uma investigação do seu conteúdo. Em primeira mão, li e constatei que o pastor Gilmar, enquanto escrevia, buscava fundamentação na verdade criativa do homem e da mulher, tratando o sexo como água num manancial privativo, onde ambos podem mergulhar num profundo sentimento de prazer.
            O sexo tem seu percurso natural, com suas vertentes na reprodução da espécie e no prazer. O sexo para o homem é mais racional, enquanto para a mulher é mais sentimental; portanto, a junção da razão e do sentimento formam a união mais perfeita entre os cônjuges. O homem, por ser racional, procurará buscar a realização da esposa, sabendo se conduzir e preservando a mulher como vaso mais frágil, considerando o prazer, sua saúde, sua honra e sua moral; afinal é a Bíblia quem diz: Honrado deve ser o casamento, o leito sem mácula; porém, aos que se dão a prostituição e aos adúlteros, Deus os julgará. HB 13.4.
            Desejo que os leitores sejam edificados. Desejo ao autor sucesso e novos empreendimentos.



segunda-feira, 20 de outubro de 2014

PORNOGRAFIA: O VÍCIO SEXUAL NÃO NASCE DA NOITE PARA O DIA.



Pode começar quando se adquire o hábito de ficar observando uma mulher bonita passar. O próximo passo é usar a mente para imaginar fantasias com mulheres. Depois que diminui o sentimento de culpa e o desejo de resistir à tentação visual, fica mais fácil observar fotos de mulheres de calcinha em revistas e catálogos de roupas femininas. Quando as emoções já não se satisfazem completamente com essas fotos, aí vem a vontade de ficar olhando as fotos que aparecem na Internet. A mente e o corpo começam a fazer VIAGENS delirantes ao mundo proibido das irresistíveis mulheres nuas.

O viciado em pornografia sofre isolado, mas quem realmente colhe as consequências de seu pecado é sua família. Ainda que o homem consiga impedir seu hábito de se tornar uma obsessão, o tipo de homem que ele se torna é bem diferente do marido e pai ou filho que ele poderia ter sido. Ele tem dificuldade de se relacionar sentimentalmente com sua esposa. Além disso, ela não consegue competir com as mulheres de fantasia que parecem perfeitas e fazem qualquer coisa que ele exige. Não importa que ela se esforce, não importa que ela o ame e não importa até onde ela esteja disposta a ir para satisfazê-lo: nunca é o suficiente.

Em plena era da Internet, poucas igrejas estão preparadas para tratar do problema da pornografia fácil e instantânea e ajudar os homens. Raras vezes o assunto da pureza sexual ou da pornografia é mencionado do púlpito. Algumas igrejas estão confusas e não conseguem tomar uma posição firme diante da questão homossexual enquanto outras fazem de conta que não estão vendo os casos de adultério em seu meio. Que tipo de mensagem essa situação transmite para os jovens? Já que muitos não mais acreditam na degradação do pecado ou na realidade do céu e do inferno, o que poderia impedir um evangélico de gozar os prazeres da pornografia na Internet?

Podemos tentar tratar das feridas dos pecados sexuais, mas os traumas profundos das vítimas e dos viciados só poderão ser curados de uma forma: na alma, pelo Dr. Jesus Cristo.

É hora de enfrentar o problema com seriedade

Os homens cristãos foram chamados e escolhidos por Deus para abençoar suas famílias e comunidades. Eles são pastores e líderes leigos que têm a responsabilidade de liderar, amar, sustentar e proteger suas famílias e proclamar o Evangelho e discipular as pessoas. Eles são guerreiros, protetores e instrumentos de Deus na sociedade.

Entretanto, os homens cristãos estão sendo alvos de um atirador frio e calculista cujo único objetivo é aniquilar a alma dos homens. Esse inimigo conhece bem as fraquezas masculinas. Derrubar os homens cristãos é o jeito que ele encontrou para agredir as igrejas cristãs.

Por isso, precisamos adotar medidas contra seus ataques.

Homens, quando surge uma fantasia sexual, não podemos acompanhá-la. Se entregarmos a mente só um minuto, teremos mais dificuldades para vencer quando outras fantasias aparecerem. Se seu problema são as revistas, fique longe das bancas de jornais. Se é a Internet ou a TV POR ASSINATURA, desconecte-se. Se os catálogos de roupas femininas da sua esposa são uma tentação para você, converse com ela e peça-lhe que cancele sua assinatura. O que estou querendo dizer é que é preciso tomar a decisão de parar antes que se perca o controle. Faça como José: Fuja da tentação sexual (Gênesis 39:10-12). Se você sente que já está além de suas forças, há pessoas que podem ajudar.

Mulheres, é hora de despertar. Vocês precisam compreender as dificuldades que seus maridos e filhos têm para proteger a mente e mantê-la pura. Vocês precisam entender que cenas e imagens têm um impacto muito forte na mente masculina. Acima de tudo, vocês precisam ver que nós precisamos da ajuda de vocês.

Pais, não podemos nos dar ao luxo de subestimar o potencial do pecado. Vocês precisam treinar os filhos o mais cedo possível. Os meninos precisam receber instruções de como cuidar dos olhos e da mente. As meninas precisam entender que elas podem com muita facilidade se tornar o alvo da fantasia dos homens. Quando vocês rebaixam seus padrões e levantam a barra da saia delas, vocês ajudam a alimentar a imaginação e os impulsos de outros homens.

Igrejas, não subestimem o crescimento do pecado. Apesar disso, devemos ter atitudes de humildade e esperança, em vez de medo e crítica. É preciso ajudar os irmãos que estão enfrentando lutas. É preciso transmitir a segurança e a vitória de Cristo e acompanhar os irmãos que se sentem fracassados e atormentados. Há a necessidade de os irmãos criarem grupos ou amizades dentro da igreja, onde eles possam prestar contas e ser auxiliados.

Contudo, ao enfrentar o problema da pornografia, não deveríamos pensar que somos melhores do que os outros. Sabemos que a graça de Cristo é oferecida a todas as pessoas, até mesmo para quem está envolvido em perversões sexuais.

Que essa graça nos dê a capacidade de ver o pecado como pecado e poder para ministrar para os que estão sofrendo feridas na alma.

SINAIS DE ALERTA

" Ele usa termos vulgares quando se refere às mulheres ou ao sexo?
" Ele gosta de falar de sexo ou de suas fantasias sexuais?
" Ele gosta de assistir a filmes na TV que contêm sexo ou insinuações sexuais?
" Ele gosta de ficar acompanhando com os olhos as mulheres que ele observa?
" Ele gosta de piadas com conteúdo sexual?


Se um homem que você conhece exibe esses sinais, ele pode estar com algum problema de pornografia. Se for alguém da família, pode ser o momento de você procurar a ajuda de um conselheiro de confiança na igreja. 

Obs: Este texto não é meu. Quem quiser saber a fonte, mande um whotsApp: 62 9150-2304

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PREFÁCIO DO SEGUNDO LIVRO DO PR. MISS. IRIAN CARVALHO BY GILMAR TAVARES REIS



É com grande alegria que prefacio o livro, Sermão do Mestre, do Pr. Miss. Irian Carvalho, homem de Deus, pessoa que tenho um profundo respeito e consideração. Como é bom saber que mesmo com todas as minhas dificuldades de escrever, fui surpreendido com esse convite.
Sermão do Mestre é um livro objetivo, de fácil compreensão e que abeira-se de uma das mais belas passagens da bíblia. Mateus, um dos sinóticos, faz em três capítulos, 5, 6 e 7, a mais bela abordagem sobre esse sermão de Jesus e conclui dizendo: E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina; Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas [1].
Notei que o Irian fez uma investida neste livro muito apropriada, focando: os bem aventurados; o como Cristo vê seus discípulos; o cristão, a lei e a justiça; o relacionamento do cristão com os homens; o relacionamento do Cristão com Deus; e o cristão e os bens terrenos.
Primeiramente, os bem aventurados. Aqui, o nosso caro escritor afirma que precisamos mudar de vida, nos esvaziar do nosso “eu”, do egoísmo... Caminho esse que só os bem aventurados conseguirão se aproximar do ideal. Sempre confiantes na graça soberana de Jesus.
Segundo, como Cristo vê seus discípulos. Nesse ponto ficou claro que Cristo pregou de acordo com o que Ele sabia de todas as pessoas que estavam à sua frente. Conhecendo-os como ninguém, o sermão da montanha foi fluindo e indo ao encontro de todas aquelas vidas e por muitas vezes de encontro as práticas pecaminosas. E essas palavras têm o mesmo peso, o mesmo valor ainda hoje.
Terceiro, o cristão, a lei e a justiça. O capítulo três fala de uma das maiores necessidades daquela época e de hoje, a penúria de se equilibrar a lei e a justiça. Para isso o nosso exemplo maior é o de Cristo: Cristo foi o único homem a observar e cumprir plenamente a Lei. Ele não só ensinou, mas valorizou os ensinos morais aplicados no interior e exterior dos homens, dando ênfase ao valor ético da Lei, afirma o Miss Irian.
Quarto, o relacionamento do cristão com os homens. Nessa matéria o nosso autor destaca a valoração da vida. Não podemos viver despretensiosamente, sem cuidados com os sinais de alerta. Não podemos brincar com a morte, não podemos desejar a morte e nem causa a morte de outros, muito menos de indefesos, como é o caso dos fetos.
Quinto, o relacionamento do cristão com Deus. Está implícito nesta obra que a minha comunhão com Deus é medida a partir do meu relacionamento com o meu próximo.   
Sexto, o cristão e os bens terrenos. Nesse particular é muito interessante notar que a nossa tendência é de limitar o ser pobre de espírito, ao ser rico e viver como se não tivesse nenhum bem material, mas o texto diz de forma clara do ser pobre, o pobre mesmo, ou seja, a pessoa que não tem nenhum recurso.
Esse pobre de espírito é o que sabe lidar com sua pobreza sem transigir com o seu caráter. Mesmo passando limitações intensas, se mantem fiel aos princípios que lhe garante a vida eterna, pois é no Reino do Céu que o pobre fiel será rico, farto da glória de Deus.
Quero desejar ao Irian as bênçãos do Senhor e que a approach neste livro possa vir ajudar muitos pelo Caminho. E que ele viva e seja pai de uma grande multidão no Senhor Jesus.

Sempre em Cristo,


Gilmar Tavares Reis
Pastor Auxiliar na Assembleia de Deus
Madureira – Anápolis GO

Outubro de 2014.



[1] Mateus 7.28-29