terça-feira, 25 de março de 2014

PREFÁCIO DA 2° EDIÇÃO DO FAMÍLIA CRISTÃ_desafios para hoje


PREFÁCIO 
DE 

Enoque Vieira
Pastor Auxiliar e 2º vice-presidente da
Assembleia de Deus em Campinas Goiânia GO. 


     A família cristã certamente tem diante de si os mais variados e terríveis desafios nestes tempos pós modernos. Indubitavelmente, o maior desafio que se coloca à família hoje, é exatamente o de permanecer família cristã, numa sociedade, senão anticristã, sem sombra de dúvidas, pós-cristã.
     O Pastor Gilmar Tavares Reis apresenta ao público evangélico os recursos disponibilizados na Palavra de Deus àqueles que desejam triunfar como família cristã nessa realidade que atravessamos.
      Tendo em vista tamanhos desafios, urge que não desistamos jamais, pois Deus, que é o arquiteto da família, é também o seu sustentador. Portanto, se dependermos de sua graça e dos recursos que Ele nos oferece na Bíblia, podemos vencer a tentação de reclamarmos e murmurarmos e, então, tornar-nos-emos referencial divino para outras famílias à medida que elas perceberem a diferença que fizermos como família cristã.
     Para sermos astros e luzeiros de Deus no mundo exige-se que sejamos, também, irrepreensíveis
e inculpáveis, embora vivendo em meio a uma geração corrompida e perversa. Este é, inquestionavelmente, o nosso maior desafio. Os valores morais fundamentais à ética cristã foram abandonados por essa
sociedade permissiva e que relativiza tudo. Se não há valores de certo e errado que sejam absolutos e normativos, todas as questões éticas passam a ser julgadas no tribunal das opiniões subjetivas. E sem absolutos objetivos a sociedade se anarquiza e se autodestrói.
     Portanto, conforme proposto pelo autor desta obra, faz-se necessário que encaremos tais desafios confiados em Deus e encorajados pelos recursos de sua graça. Lutemos sem jamais entregar os pontos, pois só os covardes desistem, e só os que lutam são dignos da vitória.
     Que Deus faça uso desta obra no sentido de despertar as famílias cristãs para o enfrentamento desses desafios, ajudando-nos a fazer frente ao terrível e acelerado processo de desagregação da família, conforme ela nos é apresentada nas Sagradas Escrituras.
     A nós cristãos não interessa qualquer família, o que efetivamente queremos e buscamos é ser família cristã, ainda que criticados por homens perversos e corrompidos em seus valores. Nós somos família cristã e, pela graça de Deus, haveremos de manter nosso compromisso de defendê-la como instituição divina e instrumento do Senhor para a construção de uma sociedade minimamente saudável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário