segunda-feira, 26 de março de 2012

NECESSIDADE MISSIONÁRIA_Continente Áfricano

Por Urani / Reginaldo Veras: Atualidades

O continente Áfricano é hoje o principal foco de tensão do mundo, situação que ocorre da forma como foi feita a sua colonização/descolonização. Temos dois mapas, primeiro mostra como seria o mapa da África se fosse respeitado as divisões éticas, já o segundo mostra a atual divisão da África, determinado pelos colonizadores europeus, devido a isso podemos dizer que:

1.       60% das fronteiras é formado por retas ou de arcos de circunferência, evidenciando a artificialidade das fronteiras;
2.       É possível afirmar que muitos dos conflitos étnicos que existem hoje são reflexos da partilha da África;
3.       Os estados africanos atuais, na sua maioria, não tem unidade cultural, linguística ou cultural;
4.       Existem casos em que um mesmo Estado abriga várias nações ou até uma única nação dividida em dois ou mais Estados.


Os principais problemas africanos hoje são:

Fome: quase metade da população vive abaixo da linha de pobreza (renda inferior a 1 dólar por dia) milhões de africanos são subnutridos ou estão morrendo de fome por inanição (principalmente crianças);

 AIDS: o continente registra 72,5% do total de infectados do mundo;

Doenças: o continente é um grande foco de doenças infectocontagiosas, o que decorre da falta de infra-estrutura e saneamento básico como a cólera, febre amarela, tuberculose, DST, etc;

Guerras civis: Nigéria, Angola, Senegal, Somália, Sudão, Etiópia-Eritéia, entre outros;

 Maior mortandade infantil do mundo: (83 por mil); 

Fundamentalismo religioso/cultural.

"Por que é que alguém deveria ouvir do Evangelho duas vezes, quando há pessoas que não ouviram nenhuma vez?", questionava sempre Oswald Smith

Nenhum comentário:

Postar um comentário